BAIXA NOS FUNDOS IMOBILIÁRIOS REPRESENTA DESACELERAÇÃO DO SETOR?


publicado em: 27/01/2020

O final de 2019 registrou uma ascendente histórica nos investimentos em fundos imobiliários. O crescimento médio, medido pelo IFIX, acusou uma alta de 36%, entretanto, houve valorizações individuais na casa dos 100%.

O inicio de 2020, por outro lado, vai encerrar o mês de Janeiro com uma queda, aproximadamente, de 7%. O que houve? O setor imobiliário está voltando à recessão?

(fonte: Unsplash)

Muito pelo contrário! O setor imobiliário está em crescente ininterrupta desde 2016 e teve nos anos de 2019 e 2020 altas históricas, causadas pelos baixos juros, aumento de ofertas e pelo próprio crescimento do setor. O que pôde-se notar na movimentação dos investimentos de fundo imobiliários é que houve uma realização de lucros, por parte dos investidores, alguns optaram por liquidar parte de seus ativos, até por quê, muitos valorizaram-se 60%, 80% ate 100%. Então o que vemos no mercado financeiro é apenas uma movimentação normal e saudável dos investimentos, dessa forma, espera-se um crescimento ainda mais alavancado do setor até o fim do ano.

confira abaixo as altas de algumas empresas do setor imobiliário:

Empresa
Ação
Variação (últimos 12 meses)
Gerdau
GGBR3
+43,85%
MRV Engenharia
MRVE3
+35,50%
KINEA renda imobiliária
KNRI11
+22,52%
FII BTG Pactual
BCFF11
+44,66%
Construtora Tenda
TEND3
+102,11%

(fonte: Cotações disponíveis no Google)

A título de informação, quem acreditou no setor de construção e investiu nesses ativos, por exemplo, R$ 250,00 mensais, encerrou o ano com a quantia de R$5475,00.

Com as taxas de Juros numa baixa histórica, estamos num período absolutamente propício para a compra de imóveis, os consumidores devem buscar aliar as oportunidades de financiamento oferecidas com a alta quantidade de ofertas no mercado.

Fala com a gente, que achamos seu imóvel ideal.

Ainda tem alguma dúvida? não hesite em nos perguntar.